menu Menu
8 artigos na categoria
Brasil
Página anterior Próxima página

Poesia lírica e crítica literária (ensaio)

Insônia Tenho a impressão de que desenvolvemos no Brasil uma espécie de aversão à lírica. João Cabral tem um papel relevante nisso, sem dúvida. Assim como a poesia concreta, cujo significado nunca vai muito além do procedimento. A verdade é que Cabral terminou por ser mais ou menos onipresente, nas últimas décadas. Vi tantas vezes […]

Continuar leitura


Homenagem a Olga Savary

OLGA SAVARY: UMA VIDA PELA POESIA   Olga Savary dedicou-se à poesia a vida inteira. Nem todos a compreendiam. Nos últimos anos, caminhou por uma vida difícil. Se muitos não a compreendiam, ela também não compreendia quase ninguém. Mas chega uma hora que o melhor é não compreender mesmo. Delicada. Principalmente delicada. Assim era a […]

Continuar leitura


Dois Poemas Inéditos

nefelomancia 1 agora que aprendi a olhar para o céu (antes, a cabeça nas nuvens , os olhos ao redor esquecia-me) vejo o que não via olho para cima e já sei distinguir uma sirrus de uma stratus as sombrias cumulonimbus e suas variações cirrocumulos, cirrostratus altocumulos, altostratus desde sempre identificáveis com seu aspecto trevoso […]

Continuar leitura


Vale das Corujas (Conto)

  Não importa se Deus existe ou não, mas como ele goza. Jacques Lacan                                                                                     […]

Continuar leitura


Contundentes epifanias de "Todo poema é de amor", de Cristiane Rodrigues de Souza (Recensão)

A mais recente coletânea de poemas de Cristiane Rodrigues de Souza, intitulada Todo poema é de amor, pela editora Laranja Original, desvela-nos uma poeta já senhora de seus dons, escritora madura capaz de equilibrar os recursos linguísticos e os temas explorados em perfeita harmonia entre a expressão e o conteúdo. Escritura incisiva, com corte de […]

Continuar leitura


Quatro poemas do poeta romeno Ion Barbu traduzidos para português

Din Ceas dedus Din ceas, dedus adâncul acestei calme creste,Intrată prin oglindă în mântuit azur,Tăind pe înecarea cirezilor agreste,În grupurile apei, un joc secund, mai pur. Nadir latent! Poetul ridică însumareaDe harfe resfirate ce-n zbor invers le pierziŞi cântec istoveşte: ascuns, cum numai marea,Meduzele când plimbă sub clopotele verzi. Do Tempo, Deduzido Do tempo, deduzido […]

Continuar leitura


Um ensaio (Literatura)

O silêncio de uma ferida se abrindo O texto que em seguida compartilho com vocês foi lido na última edição do Raias Poéticas, cujo tema da mesa, sugerido pelo Luís Serguilha, era: A literatura acontece em começos ininterruptos. Confesso que depois de mais de 20 anos de escolarização desenvolvi uma desobediência estratégica contra os problemas […]

Continuar leitura


Raul Bopp e o modernismo no Rio Grande Do Sul

        Grande parte dos trabalhos que se dedicam a analisar a obra de Raul Bopp (1898-1984), mencionam o fato do poeta ter nascido no Rio Grande do Sul, episodicamente. Isto é, todos dizem que o poeta nasceu na Vila Pinhal, município de Santa Maria, perto de Tupanciretã, no ano de 1898; nessa última cidade passou a […]

Continuar leitura



Página anterior Próxima página

keyboard_arrow_up